Reunião COVID19 - Secretaria Regional da Saúde e Proteção Civil

  • 21-03-2020

O Presidente da Secção Regional da Madeira da Ordem dos Enfermeiros, reuniu ontem, dia 20 de março, com o Dr Pedro Ramos, Secretário Regional da Saúde e Proteção Civil.

 

Nesta reunião, convocada de urgência, foi possível aferir o ponto de situação da pandemia pelo novo Coronavírus na Região Autónoma da Madeira, bem como as estratégias que estão delineadas para o combate desta calamidade mundial.

 

Foi com satisfação que verificamos que a Região tem sido pioneira em muitas das medidas implementadas, que têm tido reflexo nos resultados, que até ao momento se cingem a casos importados, sem transmissão comunitária, o que demonstra a eficácia das mesmas. Muitas destas medidas vão de encontro às recomendações que a Ordem dos Enfermeiros elaborou para o Ministério da Saúde a nível nacional, pelo que aproveitamos a oportunidade para dar a conhecer as demais propostas constantes nesse ofício.

 

Aproveitamos a oportunidade para expor alguns dos constrangimentos que têm sido relatados pelos colegas à Ordem dos Enfermeiros, nomeadamente a questão da disponibilização dos Equipamentos de Proteção Individual em quantidades adequadas, as difíceis condições de trabalho da equipa destacada para a Unidade COVID, bem como a necessidade de assegurar equipas de profissionais nas diferentes Instituições onde se prestam cuidados de saúde, por forma a evitar a contaminação cruzada.

 

Todas estas questões mereceram a concordância da tutela, pelo que obtivemos o compromisso da sua resolução. Fomos informados sobre a chegada nos próximos dias do fornecimento de EPIs, bem como das novas estratégias de actuação planeadas. Prevê-se melhorias nas difíceis condições de trabalho dos Enfermeiros que estão na linha da frente a proteger a população.

 

Aproveitamos para apelar a todos os profissionais de saúde e população em geral para a necessidade do uso criterioso de todos os equipamentos de protecão, pois isso será um factor preponderante para a adequada gestão dos stocks disponíveis numa altura de dificuldade generalizada de fornecimento. O empenho e determinação de todos será essencial.

 

Nuno Neves referiu à saída desta reunião que “os enfermeiros estão determinados e conscientes da responsabilidade e da missão que têm pela frente. Todos estamos convocados para este que é provavelmente o maior desafio profissional das nossas vidas, para proteger a população da nossa Região, País e a Humanidade."

NN - GCIR