Novo inquérito aos Enfermeiros para conhecer número real de infectados

  • 29-04-2020

Um mês depois de ter sido lançado, pela primeira vez, um inquérito para perceber qual é a real situação dos Enfermeiros que estão na linha de defesa da pandemia da Covid-19, a OE repete agora o questionário, face à falta de informação relativamente aos profissionais de Saúde infectados. O inquérito destina-se a todos os Enfermeiros a exercer em Portugal. 

 

De acordo com os últimos dados recolhidos e divulgados pela OE, a 7 de Abril, num universo de 20 mil respostas havia 363 Enfermeiros infectados, 16 curados e 1984 em vigilância activa, ou seja, em casa, a aguardar teste ou resultado do teste, impedidos de exercerem funções.

Por outro lado, desde 16 de Abril que as autoridades de Saúde não divulgam dados sobre os profissionais de Saúde infectados, data em que se contabilizavam 566 Enfermeiros infectados.

E, neste momento, em que o País se prepara para aliviar as restrições, mais do que nunca é fundamental conhecer a situação da nossa linha de defesa.

 

“A informação é essencial para que possamos cuidar melhor de quem cuida”, explica a Bastonária, Ana Rita Cavaco, que apela à colaboração de todos os Enfermeiros.

O inquérito não demora mais de um minuto a preencher e a informação recolhida é da maior importância. Trata-se de um formulário simplificado, focado essencialmente para recolha de dados quantitativos com carácter de urgência, que está disponível no microsite da OE dedicado à Covid-19 (https://www.ordemenfermeiros.pt/covid-19/)

 

Responda aqui ao questionário