Novas áreas de especialidade de Enfermagem homologadas pelo Governo

  • 11-05-2018

Os Enfermeiros vão poder pedir em breve a certificação individual de competências, previamente adquiridas, para a obtenção do título profissional de Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica, Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica, Enfermagem Médico-Cirúrgica e Enfermagem Comunitária, depois de o secretário de Estado Adjunto e da Saúde ter homologado os regulamentos criados pela Ordem dos Enfermeiros. Para terminar o processo, falta apenas a publicação em Diário da República.

 

Na Enfermagem Comunitária, foram ainda reabilitadas a área de especialidade de Saúde Comunitária e Saúde Pública e criada a nova área de especialidade de Saúde Familiar. Já na Enfermagem Médico-Cirúrgica há também novas áreas de especialidade: Crítica, Paliativa, Perioperatória e Crónica.

 

“Trata-se do reconhecimento do trabalho que tem sido feito pela Ordem dos Enfermeiros”, diz o vice-presidente da Ordem dos Enfermeiros, Luís Barreira, sublinhando que esta decisão “abre a porta ao regime jurídico do internato de especialidade, tão ambicionado pelos Enfermeiros”. “Todo este trabalho faz parte dos compromissos assumidos pela Ordem e que estamos a cumprir. Prometemos um novo caminho para as especialidades em Enfermagem, que tenha em conta o percurso formativo e a experiência profissional para a obtenção do título de especialista, pela valorização do exercício profissional do Enfermeiro”, acrescenta Luís Barreira.