Justiça substituiu empresas por Enfermeiros nas prisões

  • 25-02-2019

A Bastonária Ana Rita Cavaco reuniu-se com a Secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, que garantiu que já está em curso o processo de substituição das empresas de prestação de serviços pela contratação directa de Enfermeiros para as prisões. Helena Mesquita Ribeiro esclareceu ainda que o concurso aguarda apenas autorização do Ministério das Finanças e fez questão de enaltecer e reconhecer a grande importância do trabalho dos Enfermeiros nas cadeias.

 

Esta reunião acontece após as diligências da OE, na sequência das denúncias relacionadas com empresas de prestação de serviços em estabelecimentos prisionais. O Ministério da Justiça recrutou, entretanto, 64 Enfermeiros em 2018 e comprometeu-se a contratar, pelo menos, mais 95 este ano.

 

No encontro de trabalho com a Secretária de Estado, a Ordem disponibilizou-se ao Ministério da Justiça para prestar formação aos Enfermeiros, bem como aos guardas prisionais no âmbito do suporte básico de vida.

Foi ainda garantido pela Secretária de Estado que, já em Março, todos os Enfermeiros especialistas a trabalharem nas cadeias vão receber o complemento de 150 euros pelo exercício das funções de especialistas.