Sistemas de Informação em Enfermagem

 

Modalidade de candidatura:

 

As entidades que pretendam candidatar-se à Acreditação da IFCPC devem, se possível, reunir um grupo de 20 a 30 enfermeiros nomeados Dinamizadores, com cédula profissional válida para o ano em curso, e submeter candidatura tendo em consideração a disponibilização de sala com os seguintes requisitos:

  • Capacidade para o número de formandos previsto para a acção de formação;
  • Boa luminosidade, insonorização e acústica;
  • Projector;
  • Computador com acesso à internet.

Componente e-Learning:

  • Ter computador com acesso à internet.  

 

Submissão de candidaturas:

 

Para submissão de candidatura envie um e-mail para formacao.profissional@ordemenfermeiros.pt com o seguinte Excel.

 

Objectivos gerais:

 

• Capacitar os enfermeiros para a dinamização de projetos no domínio dos Sistemas de Informação em Enfermagem, tendo por base a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®).
• Promover a resposta organizacional aos requisitos dos contextos de idoneidade formativa, no âmbito dos Sistemas de Informação em Enfermagem (SIE).


Destinatários:

  • Enfermeiros dinamizadores dos SIE.


Forma de organização de formação:

  • b-Learning.


Duração:

  • 15 horas (8 horas presenciais e 7 horas e-learning).

 

Horário:

  • Das 09h00 às 18h00.

  

Atribuição de créditos:

  • 2,1 Créditos de Desenvolvimento Profissional (2,1 CDP) para efeitos de certificação de competências.

 


Requisitos dos formandos:

  • Possuir cédula profissional válida para o ano em curso;
  • Ser Enfermeiro nomeado como dinamizador para os SIE.


Objectivos específicos:

 

• Reconhecer a importância da utilização da CIPE® como referencial de linguagem nos SIE;
• Aprofundar conhecimentos relativos à CIPE® e SIE;
• Incorporar os padrões de qualidade dos cuidados de Enfermagem nos SIE;
• Aprofundar competências relativas à utilização dos SIE;
• Dinamizar conhecimentos e competências no contexto prático;
• Desenvolver projetos de dinamização.

 

 Conteúdos:

• Enquadramento e perfil de desenvolvimento da CIPE ®;
• Importância de uma linguagem uniformizada;
• Processo de Enfermagem como percurso para os registos de Enfermagem:
      o Processo de tomada de decisão em Enfermagem;
      o Resumo mínimo de dados.