Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
 
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
Informação
Pareceres / Pronúncias
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem - CIPE®
Biblioteca Móvel (BM)
Grupo de Interesse Jovens Enfermeiros
Liderança Para a Mudança (LPM)
Padrões de Qualidade dos Cuidados de Enfermagem
Fórum Nacional Álcool e Saúde
Rede de Enfermagem da CPLP
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Benefícios para os membros
 

Projectos e Programas

Imprimir página
Projectos e Programas 
 
Biblioteca Móvel (BM) 

 

Um projecto solidário
 
O Estatuto da Ordem do Enfermeiros (OE) no nº 2 do seu Artigo 4º sobre a cooperação afirma: «A Ordem deverá promover e intensificar a cooperação, a nível internacional, no domínio das ciências de Enfermagem, nomeadamente com instituições científicas dos países de língua oficial portuguesa e países da União Europeia».
 
É no quadro desta responsabilidade que se insere um projecto que a Ordem tem vindo a desenvolver em acordo com Associações de Enfermeiros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
 
Trata-se de um projecto do Conselho Internacional de Enfermeiros (CIE), já implantado em vários países africanos de língua inglesa com a designação de Mobile Library (ML),  e que a OE julgou do maior interesse adoptar para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste com a designação de Biblioteca Móvel (BM).

Assim, a OE é a organização  que, enquanto membro do CIE, assume a responsabilidade de conduzir o processo, assegurar a sua implantação e fazer o acompanhamento.


Porquê e o que é a Biblioteca Móvel

Nos países em desenvolvimento os enfermeiros prestam mais de 80% dos cuidados de saúde. Estes enfermeiros muitas vezes trabalham em locais com difícil acesso a informação actualizada sobre cuidados de saúde, nomeadamente sobre Enfermagem.

Todavia, todos os dias, os enfermeiros são chamados para prestar cuidados a pessoas com doenças como o VIH/SIDA e outras, como a tuberculose e a malária, todas elas constituindo-se como autênticos flagelos. Os enfermeiros têm, ainda, de responder às necessidades de cuidados de saúde de carácter mais geral, como: vacinação, promoção da saúde, partos, cuidados aos feridos, aos velhos e aos moribundos.

Muitas vezes as fontes de informação que estes enfermeiros têm podem estar desactualizadas. A informação correcta pode estar inacessível, guardada em bibliotecas ou noutras instituições que não têm os recursos para as tornar acessíveis aos enfermeiros que trabalham nesses locais.

A melhoria dos cuidados de saúde depende largamente da actualização do pessoal de saúde. A finalidade da Biblioteca Móvel é ajudar a preencher o fosso entre a necessidade de informação e a sua acessibilidade.

A BM é transportada num baú especialmente desenhado para o efeito, resistente à humidade, aos insectos e aos grandes choques.

 
Organização e funcionamento da Biblioteca Móvel

É dada prioridade a manuais práticos onde os enfermeiros podem facilmente aceder a informação relevante para o seu trabalho diário, podendo também incluir outros materiais adaptados às necessidades locais.

A biblioteca está organizada em 10 áreas:

  • Livros de referência;
  • Saúde na comunidade, epidemiologia, nutrição;
  • Saúde materna;
  • Saúde infantil;
  • Cirurgia e anestesia;
  • Doenças transmissíveis, controle da infecção, vacinação;
  • VIH/Sida e doenças sexualmente transmissíveis
  • Educação, promoção da saúde
  • Gestão;
  • Prática de Enfermagem.

 

Objectivos da Biblioteca Móvel

- Distribuir informação relevante e actualizada sobre cuidados de saúde, incluindo livros de referência para enfermeiros que trabalham em locais remotos e com difícil acesso a materiais de informação, para apoiar o seu trabalho e as suas responsabilidades.

 - Complementar necessidades de formação dos enfermeiros quando necessário.

 - Ser um instrumento eficaz para a promoção da saúde e prevenção da doença nos locais mais remotos.

 - Encorajar e manter a aprendizagem ao longo da vida para os profissionais de Enfermagem, que trabalham longe dos centros onde se encontram os recursos educacionais.


Envio de Biblioteca Móvel

O envio de uma ou mais bibliotecas móveis para um país exige um contrato entre o CIE/OE e a Associação de Enfermeiros do respectivo país que, entre outras condições, explicita as obrigações das partes envolvidas.

A colocação das BM em cada um dos países pressupõe a realização de uma formação dirigida aos enfermeiros que serão responsáveis por cada BM que, por sua vez, devem assegurar o funcionamento, conservação e utilização pelos leitores – enfermeiros e outros profissionais de saúde.

A associação de enfermeiros de cada país deve assegurar a avaliação regular através do preenchimento de formulários próprios e seu envio à OE, que se obriga a acompanhar e actualizar o conteúdo das BM.

A mobilização da BM dentro dos países é decidida pela respectiva associação de enfermeiros de acordo com as necessidades locais. A gestão das bibliotecas é feita por uma pessoa designada pela associação que se responsabiliza pela instalação, pelo inventário, registo e colocação dos livros no baú, pelo horário de funcionamento, empréstimo de livros e de uma forma geral pela manutenção da biblioteca em boas condições para os seus leitores.

Existe um manual que ajuda a levar a cabo esta tarefa.

Até ao momento o Projecto Biblioteca Móvel teve o patrocínio de várias entidades: Direcção Geral de Saúde, Fundação Calouste Gulbenkian, Lusodidacta, Escola Nacional de Saúde Pública, Ministério da Saúde do Brasil,  CPLP, Merck Sharp & Dohm, As-sociação para o Desenvolvimento Garcia D’Orta (AGO) e Formasau.

 

Países que já receberam Bibliotecas Móveis

Até Junho de 2008, foram entregues 21 BM às associações de enfermeiros de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e S. Tomé e Príncipe, que foram distribuídas como pode observar-se na página seguinte.

Nestes países, as BM têm sido utilizadas por enfermeiros, estudantes de Enfermagem e outros profissionais de saúde.

No plano da OE para 2008-2009 prevê-se o envio das restantes bibliotecas para os países já referidos e, em Abril, para Cabo Verde, seguindo-se Guiné-Bissau. Entretanto, irá ser preparada a extensão do projecto a Timor-Leste, perfazendo um total de 50 BM.

Ao mesmo tempo, está a proceder-se ao acompanhamento do projecto, o que se prolongará após a entrega de todas as bibliotecas.

GRI/TG 
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros