Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
 
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
Informação
Pareceres
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem - CIPE®
Biblioteca Móvel (BM)
Grupo de Interesse Jovens Enfermeiros
Liderança Para a Mudança (LPM)
Padrões de Qualidade dos Cuidados de Enfermagem
Fórum Nacional Álcool e Saúde
Rede de Enfermagem da CPLP
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Eleições OE 2015
Beneficios para os membros
 

Projectos e Programas

Imprimir página
Projectos e Programas 
 
Biblioteca Móvel (BM) 

 

Um projecto solidário
 
O Estatuto da Ordem do Enfermeiros (OE) no nº 2 do seu Artigo 4º sobre a cooperação afirma: «A Ordem deverá promover e intensificar a cooperação, a nível internacional, no domínio das ciências de Enfermagem, nomeadamente com instituições científicas dos países de língua oficial portuguesa e países da União Europeia».
 
É no quadro desta responsabilidade que se insere um projecto que a Ordem tem vindo a desenvolver em acordo com Associações de Enfermeiros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
 
Trata-se de um projecto do Conselho Internacional de Enfermeiros (CIE), já implantado em vários países africanos de língua inglesa com a designação de Mobile Library (ML),  e que a OE julgou do maior interesse adoptar para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste com a designação de Biblioteca Móvel (BM).

Assim, a OE é a organização  que, enquanto membro do CIE, assume a responsabilidade de conduzir o processo, assegurar a sua implantação e fazer o acompanhamento.


Porquê e o que é a Biblioteca Móvel

Nos países em desenvolvimento os enfermeiros prestam mais de 80% dos cuidados de saúde. Estes enfermeiros muitas vezes trabalham em locais com difícil acesso a informação actualizada sobre cuidados de saúde, nomeadamente sobre Enfermagem.

Todavia, todos os dias, os enfermeiros são chamados para prestar cuidados a pessoas com doenças como o VIH/SIDA e outras, como a tuberculose e a malária, todas elas constituindo-se como autênticos flagelos. Os enfermeiros têm, ainda, de responder às necessidades de cuidados de saúde de carácter mais geral, como: vacinação, promoção da saúde, partos, cuidados aos feridos, aos velhos e aos moribundos.

Muitas vezes as fontes de informação que estes enfermeiros têm podem estar desactualizadas. A informação correcta pode estar inacessível, guardada em bibliotecas ou noutras instituições que não têm os recursos para as tornar acessíveis aos enfermeiros que trabalham nesses locais.

A melhoria dos cuidados de saúde depende largamente da actualização do pessoal de saúde. A finalidade da Biblioteca Móvel é ajudar a preencher o fosso entre a necessidade de informação e a sua acessibilidade.

A BM é transportada num baú especialmente desenhado para o efeito, resistente à humidade, aos insectos e aos grandes choques.

 
Organização e funcionamento da Biblioteca Móvel

É dada prioridade a manuais práticos onde os enfermeiros podem facilmente aceder a informação relevante para o seu trabalho diário, podendo também incluir outros materiais adaptados às necessidades locais.

A biblioteca está organizada em 10 áreas:

  • Livros de referência;
  • Saúde na comunidade, epidemiologia, nutrição;
  • Saúde materna;
  • Saúde infantil;
  • Cirurgia e anestesia;
  • Doenças transmissíveis, controle da infecção, vacinação;
  • VIH/Sida e doenças sexualmente transmissíveis
  • Educação, promoção da saúde
  • Gestão;
  • Prática de Enfermagem.

 

Objectivos da Biblioteca Móvel

- Distribuir informação relevante e actualizada sobre cuidados de saúde, incluindo livros de referência para enfermeiros que trabalham em locais remotos e com difícil acesso a materiais de informação, para apoiar o seu trabalho e as suas responsabilidades.

 - Complementar necessidades de formação dos enfermeiros quando necessário.

 - Ser um instrumento eficaz para a promoção da saúde e prevenção da doença nos locais mais remotos.

 - Encorajar e manter a aprendizagem ao longo da vida para os profissionais de Enfermagem, que trabalham longe dos centros onde se encontram os recursos educacionais.


Envio de Biblioteca Móvel

O envio de uma ou mais bibliotecas móveis para um país exige um contrato entre o CIE/OE e a Associação de Enfermeiros do respectivo país que, entre outras condições, explicita as obrigações das partes envolvidas.

A colocação das BM em cada um dos países pressupõe a realização de uma formação dirigida aos enfermeiros que serão responsáveis por cada BM que, por sua vez, devem assegurar o funcionamento, conservação e utilização pelos leitores – enfermeiros e outros profissionais de saúde.

A associação de enfermeiros de cada país deve assegurar a avaliação regular através do preenchimento de formulários próprios e seu envio à OE, que se obriga a acompanhar e actualizar o conteúdo das BM.

A mobilização da BM dentro dos países é decidida pela respectiva associação de enfermeiros de acordo com as necessidades locais. A gestão das bibliotecas é feita por uma pessoa designada pela associação que se responsabiliza pela instalação, pelo inventário, registo e colocação dos livros no baú, pelo horário de funcionamento, empréstimo de livros e de uma forma geral pela manutenção da biblioteca em boas condições para os seus leitores.

Existe um manual que ajuda a levar a cabo esta tarefa.

Até ao momento o Projecto Biblioteca Móvel teve o patrocínio de várias entidades: Direcção Geral de Saúde, Fundação Calouste Gulbenkian, Lusodidacta, Escola Nacional de Saúde Pública, Ministério da Saúde do Brasil,  CPLP, Merck Sharp & Dohm, As-sociação para o Desenvolvimento Garcia D’Orta (AGO) e Formasau.

 

Países que já receberam Bibliotecas Móveis

Até Junho de 2008, foram entregues 21 BM às associações de enfermeiros de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e S. Tomé e Príncipe, que foram distribuídas como pode observar-se na página seguinte.

Nestes países, as BM têm sido utilizadas por enfermeiros, estudantes de Enfermagem e outros profissionais de saúde.

No plano da OE para 2008-2009 prevê-se o envio das restantes bibliotecas para os países já referidos e, em Abril, para Cabo Verde, seguindo-se Guiné-Bissau. Entretanto, irá ser preparada a extensão do projecto a Timor-Leste, perfazendo um total de 50 BM.

Ao mesmo tempo, está a proceder-se ao acompanhamento do projecto, o que se prolongará após a entrega de todas as bibliotecas.

GRI/TG 
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros