Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
 
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
Informação
Notícias
Press Releases
Revista da OE
Resenhas de Imprensa
Newsletters
ExpressOE
Galeria de Imagens
Pareceres / Pronúncias
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Benefícios para os membros
 

Informação

Imprimir página
Notícias 
20-10-2017 
Parlamento aprova Ordem dos Fisioterapeutas e chumba Ordem dos Técnicos de Saúde 
 
À direita, em primeiro plano, a Bastonária da OE, Ana Rita Cavaco, e o Vice-presidente, Luís Barreira, na reunião do CNOP, a 19 de Outubro 

Um dia depois de o Conselho Nacional das Ordens Profissionais (CNOP) ter pedido a suspensão da criação de novas ordens, após uma reunião extraordinária na Ordem dos Médicos que contou com a presença da Bastonária dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, o Parlamento aprovou esta sexta-feira a criação da Ordem dos Fisioterapeutas, mas chumbou a dos Técnicos de Saúde.

Os projetos do PS e do CDS-PP para a criação da Ordem dos Fisioterapeutas tiveram os votos favoráveis destes dois partidos e do deputado André Silva do PAN. A bancada do PSD votou contra, tal como o deputado independente socialista Paulo Trigo Pereira, e as bancadas do BE, PCP e “Os Verdes” abstiveram-se.

Já o projeto do PS para a criação da Ordem dos Técnicos de Saúde foi chumbado. Este diploma apenas foi votado favoravelmente pelos socialistas e pelo único deputado do PAN. O PSD e o deputado Paulo Trigo Pereira voltaram a opor-se. O CDS-PP, ao contrário do primeiro diploma, absteve-se, juntando-se, assim, ao PCP, BE e "Os Verdes".

O CNOP solicita uma audiência ao Presidente da Assembleia da República e aos grupos parlamentares.

Consulte a posição do CNOP.

 

ALN 
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros