Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
 
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
Informação
Notícias
Press Releases
Revista da OE
Resenhas de Imprensa
Newsletters
ExpressOE
Galeria de Imagens
Pareceres / Pronúncias
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Benefícios para os membros
 

Informação

Imprimir página
 
11-12-2017 
Ordem apresenta ao SEP a posição sobre a negociação da Carreira Especial de Enfermagem 
 

A Ordem dos Enfermeiros, em reunião realizada ao final do dia desta segunda-feira, 11 de Dezembro, entregou ao Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) a posição sobre a negociação da Carreira Especial de Enfermagem.

A OE defende, entre outras medidas, a aplicação imediata do período normal de trabalho de 35horas/semanais a todos os profissionais, independentemente do vínculo contratual. Outra das reivindicações essenciais ao restabelecimento da dignidade e prestígio da Enfermagem é a anulação ou revogação de quaisquer faltas injustificadas e procedimentos disciplinares, desencadeados com base na adesão ao protesto dos Enfermeiros Especialistas ou à greve de 11 a 15 de Setembro.

A Ordem dos Enfermeiros continua a defender a  constituição de uma mesa negocial conjunta com todos os Sindicatos.

Quanto à evolução da carreira, é defendida a existência de, pelo menos, três categorias. No documento entregue ao SEP, a Ordem apela ainda à definição de um regime especial de acesso à reforma: 57 anos de idade e 35 de serviço.

Consulte o documento na íntegra, aqui.

 
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros