Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
Informação
Notícias
Press Releases
Revista da OE
Resenhas de Imprensa
Newsletters
ExpressOE
Galeria de Imagens
Pareceres
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Eleições OE 2015
Beneficios para os membros
 

Informação

Imprimir página
Notícias 
21-12-2016 
Ordem determina necessidade de prova linguística 
 


O Conselho Directivo (CD) decidiu que as pessoas que obtiveram a sua formação em Enfermagem fora de Portugal têm de apresentar um comprovativo do domínio da língua portuguesa no âmbito do processo de inscrição na Ordem dos Enfermeiros (OE).

Esta é uma medida inédita da Ordem que se fundamenta em dois documentos major: o Estatuto da Ordem dos Enfermeiros e a Lei nº 9/2009, de 04 de Março, na redacção dada em 2012. Ambos estabelecem que a falta de aprovação na Prova de Comunicação Linguística será impeditiva da inscrição na OE e, consequentemente, do exercício da profissão em Portugal.

“A legislação já existia e por isso não vamos esperar nem mais um dia para a aplicar”, afirma Luís Barreira, Vice-presidente do Conselho Directivo da OE. 

Conheça as novas regras clicando aqui.

 

CD/LB - GCI/LCN 
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros