Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
 
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
Informação
Notícias
Press Releases
Revista da OE
Resenhas de Imprensa
Newsletters
ExpressOE
Galeria de Imagens
Pareceres / Pronúncias
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Benefícios para os membros
 

Informação

Imprimir página
Notícias 
21-12-2016 
Ordem determina necessidade de prova linguística 
 


O Conselho Directivo (CD) decidiu que as pessoas que obtiveram a sua formação em Enfermagem fora de Portugal têm de apresentar um comprovativo do domínio da língua portuguesa no âmbito do processo de inscrição na Ordem dos Enfermeiros (OE).

Esta é uma medida inédita da Ordem que se fundamenta em dois documentos major: o Estatuto da Ordem dos Enfermeiros e a Lei nº 9/2009, de 04 de Março, na redacção dada em 2012. Ambos estabelecem que a falta de aprovação na Prova de Comunicação Linguística será impeditiva da inscrição na OE e, consequentemente, do exercício da profissão em Portugal.

“A legislação já existia e por isso não vamos esperar nem mais um dia para a aplicar”, afirma Luís Barreira, Vice-presidente do Conselho Directivo da OE. 

Conheça as novas regras clicando aqui.

 

CD/LB - GCI/LCN 
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros