Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
 
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
Informação
Notícias
Press Releases
Revista da OE
Resenhas de Imprensa
Newsletters
ExpressOE
Galeria de Imagens
Pareceres / Pronúncias
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Benefícios para os membros
 

Informação

Imprimir página
Notícias 
01-03-2017 
Bases de dados científicos: 10 milhões de pesquisas em 10 anos 
 


Foi a 1 de Março de 2007 que a Ordem dos Enfermeiros (OE) disponibilizou, pela primeira vez aos seus membros, bases de dados de produção e investigação científica com vista a promover, apoiar e desenvolver a Enfermagem nacional. Para celebrar este marco, vão estar disponíveis, até 24 de Março, trials de novos produtos científicos.

“As bases de dados de investigação científica são fundamentais para a evolução da Enfermagem, que é uma das prioridades da Ordem dos Enfermeiros. Por isso, apostamos agora em trials de novos produtos científicos, reforçando assim a oferta disponível em linha com a nossa estratégia de valorização da evolução científica da Enfermagem”, realça o Vice-presidente da OE, Luís Barreira.

Ao longo desta década, estiveram ao serviço dos enfermeiros portugueses vários pacotes e projectos de referência nacional e internacional, nomeadamente a B-on (de 2007 a 2012) e a plataforma EBSCOhost (2007 até ao momento) que inclui as bases de dados CINAHL, MEDLINE®, Nursing & Allied Health Collection, Cochrane Collection, entre outras.

Esta plataforma permitiu aos nossos membros, desde o primeiro momento, o acesso gratuito a ferramentas de reconhecido valor científico para a Enfermagem a nível mundial, sendo que o acesso individual a artigos em texto integral custa, em média, 35 euros.

Até ao presente, foram efectuadas mais de 10 milhões de pesquisas e consultados mais de 620 mil artigos em texto integral. Esta utilização equivale, em média, a nove artigos por membro, o que representa um serviço disponibilizado a rondar os 320 euros (dependendo da publicação acedida).

Aceda aqui aos trails das novas bases de dados da EBSCOhost: a Health Business FullTEXT, a Health Business Elite e a Health Policy Reference Center. 

 

PG/GAFID - PSD/LCN/GCI 
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros