Bem-vindo à página da Ordem dos Enfermeiros

Apoio à navegação

Tem à sua disposição 2 elementos auxiliares de navegação: motor de pesquisa (tecla 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Página Inicial da Ordem dos Enfermeiros
 
Pesquisar
Ignorar hiperligações de navegação
A Ordem
A Enfermagem
Membros
Colégios
MCEE Comunitária
MCEE Médico-Cirúrgica
MCEE de Reabilitação
MCEE de Saúde Infantil e Pediátrica
MCEE de Saúde Materna e Obstétrica
MCEE de Saúde Mental e Psiquiátrica
Estatística
Informação
Pareceres / Pronúncias
Tomadas de Posição
Documentos Oficiais
Legislação
Publicações
Inserção Profissional e Empreendedorismo
Relações Internacionais
Projectos e Programas
Eventos da OE
Links
Agenda
English Information
Estrutura de Idoneidades
Estrutura de Sistemas de Informação em Enfermagem
FAQ's
Benefícios para os membros
 

Colégios

Imprimir página
MCEESIP 
20-03-2017 
Dia Mundial da Saúde Oral 

 


A 20 de Março comemora-se o Dia Mundial da Saúde Oral, uma iniciativa da World Dental Federation. As doenças orais encontram-se entre as doenças crónicas mais comuns a nível mundial. Noventa por cento da população mundial está em risco de algum tipo de distúrbio a nível oral, desde lesões de cárie a doenças peridontais a cancro oral.

A nível da população infantil e juvenil, as doenças orais constituem um dos principais problemas de saúde. Para as famílias, é relevante o impacto socioeconómico devido ao custo do tratamento. A cárie dentária (destruição progressiva da estrutura dentária) e a doença periodontal (destruição dos tecidos que ligam o dente ao osso) são as doenças bacterianas mais frequentes na cavidade oral.

Uma boca saudável é fundamental para a saúde em geral. Lábios cuidados, dentição completa, gengiva, ossos sãos e uma oclusão equilibrada permitem uma boa estática e boas funções de fonação, mastigação e mímica facial.

A colonização das bactérias pode ocorrer numa fase muito precoce da vida por isso a higienização oral deve ter início antes da erupção dos primeiros dentes passando para duas vezes por dia (pelo menos) após a erupção dos primeiros dentes.

Outros hábitos nocivos para os dentes das crianças consiste em roer as unhas, sucção do polegar e/ou outros dedos, sucção da mucosa jugal (bochechas), interposição/sucção da língua e/ou lábios, uso de chucha, respiração bucal e ranger os dentes (o bruxismo provoca desgaste nas faces dos dentes).

A comemoração desta efeméride é uma oportunidade para sensibilizar, motivar e estimular a manutenção da saúde oral durante a vida com os hábitos correctos de higiene oral, alimentação e vigilância adequada.

A Mesa do Colégio da Especialidade de Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica assinala este dia, enaltecendo todos os Enfermeiros e outros profissionais que se dedicam este âmbito de intervenção na área pediátrica.

MCEESIP/SA - GCI/FC  
  © 2012 Ordem dos Enfermeiros